RETRO GAMES BRASILConectar-se

Compartilhe

descriptionRanger-X – O jogo de mechas para Mega Drive!

more_horiz
Se você é fã de animes certamente deve estar familiarizado com o termo “mecha”, que se popularizou no Brasil nos anos 80/90 com a chegada de animações e tokusatsus que apresentavam “robôs gigantes” como Super Dimension Fortress Macross (ou Guerra das Galáxias, como ficou conhecido por aqui), Neon Genesis Evangelion, Robotech e Mobile Suit Gundam Wing, apenas para citar alguns.


Toda essa introdução serviu para apresentar o gênero, que hoje é bem conhecido no mundo todo, e que ganhou grandes representantes também nos videogames, sendo um deles o tema da nossa matéria de hoje: o criativo Ranger-X para Mega Drive.

O jogo foi o primeiro e único desenvolvido pelo estúdio Gau Entertainment, que foi fundado por ex-funcionários da Wolf Team e publicado pela própria Sega no ano de 1993. O título impressionou por apresentar uma jogabilidade extremamente diversificada e criativa, com gráficos incríveis e excelente trilha sonora.

A história por trás do game diz que o Conselho do Sistema das Galáxias Livres foi atacado no planeta Homeworld por terroristas galáticos conhecidos como Rahuna, que querem dominar todo o sistema.


Completamente despreparadas, as tribos do planeta passaram por grandes dificuldades, mas por sorte a capital da da Tribo Tech não foi atingida e conseguiu desenvolver uma defesa especial: o mecha Ranger-X, uma arma suprema com grande poder de fogo e com a missão de destruir várias máquinas e equipamentos inimigos espalhados em diferentes cenários.

Cada fase começa com pequenas, mas bacanas introduções com animações vetoriais 3D que mostram os objetivos/alvos das missões – basicamente destruir um número pré-determinado de alvos, espalhados pelas fases.


Para ajudar na missão o jogador conta com um pequeno radar, que dá a posição aproximada dos alvos e o número restante a serem destruídos. A maioria das fases são lineares, não apresentando um grande nível de dificuldade para se encontrar os objetivos.

O grande destaque do game vai para a sua jogabilidade, com comandos que podem parecer estranhos no início, mas que se mostram bastante criativos com o tempo. Com o botão “C” é possível disparar para a direita, com o botão “A” para a esquerda e o botão “B” aciona armas secundárias que são encontradas ao longo do jogo, que vão desde a um lança-chamas até um canhão laser gigante, em um total de seis armas secundárias.

Apertando o direcional para cima o seu mecha pode voar por um determinado tempo, mostrado por uma barra na tela – e que na verdade representa o aquecimento dos motores que fazem o mecha voar, então quando esquentam demais eles param de funcionar.


Além do mecha é possível também contar com a ajuda de alguns veículos extras, como a Ex-Up Indra, uma espécie de moto que age por conta própria. Com um controle de seis botões do Mega Drive, é possível controlá-la com os botões extras, além do seu mecha (sim, você controla dois personagens com um controle – bacana não?).

Essa moto tem barra de energia própria, ou seja, quando você entra no cockpit dela você pode economizar energia do seu mecha, caso esteja muito baixa, e pode passar por passagens estreitas que seu robô normalmente não passaria. Ela também dá pequenos pulos e uma das suas grandes vantagens é que uma vez dentro dela, seus tiros possuem mira automática nos inimigos, o que pode ser muito útil em algumas situações.


Há também a Ex-Up Eos, uma nave que não é tão eficiente quanto a moto, pois não é possível controlá-la. Ela se limita a (lentamente) seguir o jogador e de vez em quando disparar poderosos raios laser contra inimigos. Ela é boa contra oponentes mais fortes ou para destruir grandes máquinas. Ao entrar tanto na moto como na nave, é possível trocar as armas secundárias, a única maneira de se fazer isso.

grande sacada do jogo é juntar todos esses elementos em cenários bem elaborados que vão exigir do jogador estratégias além do tradicional “correr e atirar“, que nem sempre resolve os problemas.

Algumas fases apresentam desafios como barreiras que impedem o avanço e para poder continuar deve-se destruir equipamentos que ativam esses bloqueios. Além disso, as armas secundárias possuem poder de fogo limitado por uma barra de energia que pode ser recarregada através da luz do sol, o que deixa o gameplay ainda mais interessante.

Alguns estágios se passam dentro de cavernas ou locais que não possuem a luz direta do sol, que podem gerar situações bem complicadas e obrigando o jogador a “caçar” alguma pequena luz para poder recarregar as armas. Há também plataformas que transferem a energia das armas secundárias para a sua barra de energia, o que pode ser a salvação em momentos críticos.


Junte a isso inimigos que atiram constantemente e temos um gameplay bastante intenso, fazendo com que o jogador atue tanto nos céus como em terra, além de usar os veículos auxiliares para alcançar novas áreas.

raficamente “Ranger-X” impressiona, possui belíssimos gráficos e efeitos visuais extremamente bem feitos, com certeza um dos melhores que já apareceu no Mega Drive. Os cenários são ricos em detalhes com um visual bastante colorido e bem variados (os programadores utilizaram um truque para aumentar o número de cores na tela), além de apresentar vários efeitos parallax e outros efeitos visuais background que enriquecem as fases de maneira bastante impressionante.


O design do mecha e dos outros veículos estão perfeitos, muito bem desenhados e animados com um estilo futurista, assim como os inimigos que são bem criativos e variados. Outro ponto que o game chama atenção são os chefes de fases, geralmente enormes criaturas mecânicas ou orgânicas que ocupam boa parte da tela.
A trilha sonora é excelente e se adapta bem ao estilo do jogo “mecha futurista”, com temas e composições empolgantes. Os efeitos sonoros também são muito bons, com destaque para as explosões.


“Ranger-X” é um jogo muito divertido que conta com uma ação intensa e sólida, um título que certamente vale a pena dar uma conferida se você não o conhece ainda. Ele possui belíssimos visuais, excelente trilha sonora e uma jogabilidade criativa que vai exigir de você mais do que apenas “atirar nos inimigos”.

Fonte: blog Tectoy

descriptionRe: Ranger-X – O jogo de mechas para Mega Drive!

more_horiz
Show!

descriptionRe: Ranger-X – O jogo de mechas para Mega Drive!

more_horiz

descriptionRe: Ranger-X – O jogo de mechas para Mega Drive!

more_horiz
Joguei esses dias o jogo e até que me acostumei com os controles, jogo até legal.

descriptionRe: Ranger-X – O jogo de mechas para Mega Drive!

more_horiz
belo jogo que demonstrou muito do poder do mega. merece atenção.

______________________ Assinatura ______________________

Intel Core i7-7700K Kaby Lake 4.2GHz (4.5GHz Max Turbo) Cache 8MB
GTX 1080 G1 GAMING 8GB GDDR5X 256BIT
Crucial Ballistix Sport 2x8GB DDR4 2666 Mhz
MSI B250 PCI MATE
SSD Kingston A400 240GB + HDD WD Blue WD10EZEX 1TB
WaterCooler CoolerMaster Seidon 120V 120mm
Cooler Master RS-850-SPM2 Silent Pro M2 850W

LIVE: NetoKosovo
PSN: my.playstation.com/netokosovo
STEAM: http://steamcommunity.com/id/netokosovo

descriptionRe: Ranger-X – O jogo de mechas para Mega Drive!

more_horiz
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum