Compartilhe
Ir em baixo
avatar
Grau Hut
Socio do Forum
Socio do Forum
Mensagens : 5741
RetroPontos : 4405
Data de inscrição : 16/11/2011
http://oldschooldigger.blogspot.com.br/

(Review OldSchool Digger) Ducktales 2

em Sex 06 Jul 2018, 13:46

O mundo dos videogames tem umas peculiaridades engraçadas... por exemplo, algumas vezes uma continuação de um jogo traz tudo que o primeiro tinha de bom e ainda acrescenta mais algumas coisas, faz tudo certo e simplesmente... não é tão legal quanto seu predecessor.
Isso não significa que seja um jogo ruim.... podem ser jogos até muito bons, levanto em consideração exclusivamente o jogo per si e seus méritos individuais, mas... o primeiro ainda é melhor. É o caso de "Ducktales 2", lançado pela Capcom em 1993, quatro anos após aquele que originou a franquia.

História e Roteiro

Assim como o primeiro jogo, o roteiro de "Ducktales 2" é tipicamente "Ducktales", bem "tiopatinhesco" mesmo: O velho milionário emplumado e seus sobrinhos encontram no porão um fragmento de um mapa que leva (obviamente) a um tesouro fabuloso, o tesouro perdido dos McDuck!
Como nada vem fácil na época de poucos bits, o criador do mapa, o velho Angus McDuck, dividiu-o em vários pedaços e os espalhou por todo canto  do mundo... Egito, um castelo assombrado controlado por um feiticeiro na Escócia, nas Cataratas do Niágara, no Triângulo das Bermudas e até na terra perdida de Mu (não tão perdida assim para o cara ter ido esconder um fragmento do mapa lá, aliás). Tio, sobrinhos e amigos partem para a caçada.
Para aproveitar a viagem, enquanto busca reunir o mapa completo, Tio Patinhas deve buscar um tesouro especial e único, presente em cada um dos locais- afinal, quanto mais tesouros, melhor. Obviamente, Tio Patinhas não é o único atrás do tesouro perdido dos McDuck: Pão-Duro McMônei (Flintheart Glomgold no original) também quer o tesouro para si e fará tudo para evitar que seu rival tenha sucesso. Se não fosse assim, não teria tanta graça.
Jogadores mais novos podem criticar a simplicidade do tema, mas qualquer um que conheça (e goste) tanto da série de TV quanto dos quadrinhos vai concordar que é bastante fiel ao espírito de "Ducktales" e que funciona bem no que se propõe a ser: diversão sem compromisso. É isso que realmente importa.

( Review completo em: https://oldschooldigger.blogspot.com/2018/07/ducktales-2.html )
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum