RETRO GAMES BRASILConectar-se

Compartilhe

descriptionA legislação dos EUA está atrasando o lado de fãs que querem salvar games online abandonados

more_horiz
Videogames são um meio relativamente novo. Então, a maioria das pessoas não pensa direito sobre o que acontece com eles após o lançamento — aquele período depois de toda a repercussão e no qual a base de jogadores migra para algum título novo.

Frequentemente, sobretudo em games online, como City of Heroes e The Matrix Online, esses títulos são abandonados, já que os desenvolvedores não querem mais gastar dinheiro com servidores. Enquanto isso, os fãs ficam impedidos pelas regras da DMCA (Digital Millennium Copyright Act), a legislação norte-americana sobre direitos autorais relacionada a tecnologia, de colocar a mão na massa.

No entanto, essas regras podem sofrer alterações. A cada três anos, o US Copyright Office, órgão do governo dos EUA que mantém registros de direitos autorais, revisa suas regras e permite a sugestão de mudanças via consulta pública. Muitos videogames antigos, como Commodore 64 e Atari 2600, já estão cobertos pelas cláusulas de preservação limitada da DMCA, que basicamente permitem que gamers evitem as restrições convencionais de direitos autorais.

Infelizmente, essas exceções não são estendidas a jogos que requerem servidores que estejam sempre online. Então, em uma tentativa de salvar esses títulos perdidos, alguns jogadores querem a expansão de direitos de preservação para que eles possam ajudar a salvar e, possivelmente, ressuscitar esses títulos.

De acordo com o TorrentFreak, o The MADE (Museum of Art and Digital Entertainment) disse em um comunicado enviado ao Copyright Office que “embora as exceções atuais não cubram, a preservação de games online é essencial. Jogos online se tornaram onipresentes e têm crescido em popularidade. Por exemplo, existe uma estimativa de que 53% dos gamers jogam online pelo menos uma vez por semana e gastam, em média, seis horas por semana jogando com outras pessoas online”.

Enquanto isso, outros grupos, como o PublicKnowledge.org, estão pedindo para que as pessoas escrevam para o Congresso para tentar consertar a legislação.

Além desses problemas relacionados a jogos online antigos, o PublicKnowledge diz que a DMCA “pode impedir que pessoas façam reparos em equipamentos de seus carros, acessem dados sobre glicose no sangue de monitores cardíacos ou usem seus celulares em uma nova companhia telefônica, e mais”.

Para ter uma noção de games que estão sendo descontinuados anualmente, basta dar uma olhada na lista da EA de serviços online desligados. E olha que a listagem nem conta com alguns títulos como Marvel Heroes Omega, que foi desativado alguns meses depois do lançamento para PS4 e Xbox em 2017.

Então, se você tem a esperança de ver alguns dos seus jogos online voltarem no futuro, é melhor gastar um tempo e escrever para o US Copyright Office, porque vai saber quando uma companhia simplesmente vai decidir desligar tudo sem avisar.

[TorrentFreak]
[Gizmodo]

descriptionRe: A legislação dos EUA está atrasando o lado de fãs que querem salvar games online abandonados

more_horiz
Eu duvido que consigam alguma coisa. Quem vai deixar servidor funcionando pra fantasma? Enquanto isso os servidores de um jogo que tenho e nem joguei ainda já esta sendo desligado.

http://meiobit.com/377899/sony-desligara-os-servidores-do-gran-turismo-6/
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum