PORTAL DE NOTICIAS E GAMES RETRO


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

RETRO GAMES BRASIL » RETROGAMES BRASIL » SAVE POINT »  Frank Cifaldi da Videogame History Foundation acredita que emuladores podem salvar a história dos games.

Frank Cifaldi da Videogame History Foundation acredita que emuladores podem salvar a história dos games.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

Sonymaster

avatar
Amador
Amador
O site Polygon publicou uma extensa reportagem, assinada por Charlie Hall, sobre a palestra de Frank Cifaldi, da empresa de preservação tecnológica Digital Eclipse, na Game Developers Conference (GDC). O desenvolvedor defendeu abertamente a prática de emulação, diferente do posicionamento das grandes empresas no mercado.



"De acordo com a Film Foundation, metade dos filmes feitos antes dos anos 1950 foram perdidos. Então eu comecei a pensar se alguém está fazendo isso [restaurando filmes] nos games. Queria saber se alguém dá certeza de que a mesma porcaria não será feita com os videogames, aquilo que condenou alguns longas a desaparecerem do mercado. E, yeah, existem pessoas fazendo isso. Mas não chamamos eles de arquivistas. Nós não nomeamos eles como arquivistas digitais ou algo do naipe. Chamamos eles de piratas de software", disse Frank em sua palestra de cerca de uma hora.

O discurso dele vai contra a resolução que a Nintendo tomou contra emuladores há mais de 10 anos. "Emuladores desenvolvidos para jogar cópias ilegais de software promovem a pirataria. É simples assim e não é aberto ao debate", afirma o texto.



Frank diz que o Virtual Console do Wii U não é nada mais e nada menos do que um emulador. Ao solicitar novos comentários da Big N sobre o assunto, a empresa diz que não utiliza ROMs ou arquivos baixados indevidamente da internet.

O posicionamento conservador da Nintendo é conhecido. Ela demorou até 2006, pelo menos, para começar a investir em games baixados pela internet ou mesmo em simples transações online. No Brasil, a presença do mercado cinza de troca pirateada de games impede grandes faturamentos em relação a outros mercados menos sobretaxados e mais legalizados, o que fez a empresa japonesa pular fora do país em 2015.



Mas será que a pirataria não acaba conservando os games que tanto gostamos? O questionamento de Frank Cifaldi não foi só provocador e relevante na GDC, mas as questões recorrentes muito além de uma criminalização superficial da pirataria.

Ele levanta uma das discussões centrais hoje: Queremos beneficiar apenas as empresas desenvolvedoras ou a cultura gamer que existe entre nós?

Fonte: Polygon



Última edição por Sonymaster em Dom 19 Nov 2017, 15:15, editado 1 vez(es)

yon

avatar
Lenda Urbana
Lenda Urbana
Isso é igual eu tava vendo discussão sobre o fechamento dos servers do Wii um tempo atrás aí..
Quem quiser daqui um tempo pegar um Wii e jogar tipo o Zelda SS, com tudo stock, corre o risco de cair de cara com um bug que impossibilita que o jogo continue e vai ter que simplesmente ou partir pro desbloqueio ou desistir do jogo.
Enquanto isso o jogo tá pela internet já todo atualizado, o Dolphin rodando mil vezes melhor que o Wii.. Acaba que a pirataria que vai perpetuar os jogos.

E dentro disso é interessante os grupos de tradução, que pegam jogos não lançados no ocidente e localizam ele. Tudo graças aos emuladores!

Galdius

avatar
Moderador
Moderador
Eu até entendo essa posição, mas acho que diferentemente dos filmes, os videogames correm menos risco de serem perdidos pelo fato de existir uma comunidade grande de colecionadores desde os jogos pré-Nintendo (principalmente de colecionadores de Atari) até os dias atuais. Muita gente tem coleções gigantescas com vários full sets e que embora sejam coleções particulares, acabam por impedir que esses jogos se percam.

Essa posição do artigo faz sentido para mim nas questões como a que o yon postou e também para protótipos. Estes últimos sim correm o risco de serem perdidos e é por isso que gosto tanto do que o Borman fazia para o público e agora vai fazer para o Museum of Play. A história dos videogames não é composta somente por jogos prontos, mas sim pelos seus protótipos e jogos cancelados. Preservar somente o que chegou ao mercado fará com que se perca muitas informações sobre o que se quer preservar, a história dos videogames. Nessa questão também, é importante a preservação das revistas antigas, pois nelas ainda há muitas informações sobre a cultura da época e até jogos que não chegaram às prateleiras das lojas.

Enfim, querer falar que emuladores podem salvar a histórias dos videogames não é errado, mas me parece um pensamento simples perto da realidade.

E sobre estar parte do artigo:

No Brasil, a presença do mercado cinza de troca pirateada de games impede grandes faturamentos em relação a outros mercados menos sobretaxados e mais legalizados, o que fez a empresa japonesa pular fora do país em 2015.

Eu realmente não concordo.
A Nintendo não saiu do Brasil por causa do mercado cinza. O WiiU praticamente não tinha mercado cinza e o 3DS bem pouco comparado a outros consoles. Os impostos são sim um causador de vendas menores, mas não justificam a saída da Nintendo. O que aconteceu com ela foi a mesma coisa que afeta a Microsoft e a Sony: a crise do país e, consequente, aumento do dólar. Mas, Sony e Microsoft tiveram uma estratégia diferente da Nintendo e pode-se dizer que mais esperta também. Passaram a produzir os jogos aqui e conseguem manter um patamar de preços que o público ainda paga. Falar que a Nintendo (que na verdade era a Latamel) saiu do país por causa da pirataria e dos impostos é, no mínimo, querer enganar o leitor.

naldin

avatar
Semi-amador
Semi-amador
Quero ver como vão salvar a modinha atual de jogos sempre online. Os antigos acho que dificilmente perderemos.

http://naldin.000webhostapp.com

Sonymaster

avatar
Amador
Amador
naldin escreveu:Quero ver como vão salvar a modinha atual de jogos sempre online. Os antigos acho que dificilmente perderemos.

Importante é os antigos 80s e 90s :-)

Gordola da Station

avatar
Medio-Retro
Medio-Retro
Sonymaster escreveu:
naldin escreveu:Quero ver como vão salvar a modinha atual de jogos sempre online. Os antigos acho que dificilmente perderemos.

Importante é os antigos 80s e 90s :-)

Os jogos atuais serão salvos apenas em seus modos single player. O modo multiplayer não sei como farão, mas acho que ninguém nem se dará o esforço de emular o multplayer desses jogos....

No mais, muito jogo começa a ficar um pouco velho e o multiplayer já fica deserto. Outro dia fui jogar Perfect Dark Zero online (RARE REPLAY) e encontrei 1 manolinho jogando sozinho contra bots. Deu até uma melancolia, o que aquele cara estava fazendo ali jogando sozinho? Talvez conquistas, ou talvez ele goste tanto do jogo que não se importe de ficar ali sozinho... Mais melancólico ainda é ver MMORPGs velhos ou flopados, com aqueles grandes cenários desertos, com meia duzia de gatos pingados correndo de um lado pro outro.

Sonymaster

avatar
Amador
Amador
Gordola da Station escreveu:
Sonymaster escreveu:
naldin escreveu:Quero ver como vão salvar a modinha atual de jogos sempre online. Os antigos acho que dificilmente perderemos.

Importante é os antigos 80s e 90s :-)

Os jogos atuais serão salvos apenas em seus modos single player. O modo multiplayer não sei como farão, mas acho que ninguém nem se dará o esforço de emular o multplayer desses jogos....

No mais, muito jogo começa a ficar um pouco velho e o multiplayer já fica deserto. Outro dia fui jogar Perfect Dark Zero online (RARE REPLAY) e encontrei 1 manolinho jogando sozinho contra bots. Deu até uma melancolia, o que aquele cara estava fazendo ali jogando sozinho? Talvez conquistas, ou talvez ele goste tanto do jogo que não se importe de ficar ali sozinho... Mais melancólico ainda é ver MMORPGs velhos ou flopados, com aqueles grandes cenários desertos, com meia duzia de gatos pingados correndo de um lado pro outro.

Esse Manolo perdido poderia ser uma "manola" extremamente gostosa e carente sem conhecimento de videogame pensando que estava jogando com alguém para tentar convidar a pessoa a transar com ela e as amigas delas todas lindas e gostosas fitness e você perdeu, faça isso não Gordola.

Poderia ter sido ela:

Gordola da Station

avatar
Medio-Retro
Medio-Retro
Sonymaster escreveu:
Gordola da Station escreveu:
Sonymaster escreveu:
naldin escreveu:Quero ver como vão salvar a modinha atual de jogos sempre online. Os antigos acho que dificilmente perderemos.

Importante é os antigos 80s e 90s :-)

Os jogos atuais serão salvos apenas em seus modos single player. O modo multiplayer não sei como farão, mas acho que ninguém nem se dará o esforço de emular o multplayer desses jogos....

No mais, muito jogo começa a ficar um pouco velho e o multiplayer já fica deserto. Outro dia fui jogar Perfect Dark Zero online (RARE REPLAY) e encontrei 1 manolinho jogando sozinho contra bots. Deu até uma melancolia, o que aquele cara estava fazendo ali jogando sozinho? Talvez conquistas, ou talvez ele goste tanto do jogo que não se importe de ficar ali sozinho... Mais melancólico ainda é ver MMORPGs velhos ou flopados, com aqueles grandes cenários desertos, com meia duzia de gatos pingados correndo de um lado pro outro.

Esse Manolo perdido poderia ser uma "manola" extremamente gostosa e carente sem conhecimento de videogame pensando que estava jogando com alguém para tentar convidar a pessoa a transar com ela e as amigas delas todas lindas e gostosas fitness e você perdeu, faça isso não Gordola.

Poderia ter sido ela:




Ou era só um loser como eu que curte essa merda de jogo Crying or Very sad

Sonymaster

avatar
Amador
Amador
Gordola da Station escreveu:
Sonymaster escreveu:
Gordola da Station escreveu:
Sonymaster escreveu:
naldin escreveu:Quero ver como vão salvar a modinha atual de jogos sempre online. Os antigos acho que dificilmente perderemos.

Importante é os antigos 80s e 90s :-)

Os jogos atuais serão salvos apenas em seus modos single player. O modo multiplayer não sei como farão, mas acho que ninguém nem se dará o esforço de emular o multplayer desses jogos....

No mais, muito jogo começa a ficar um pouco velho e o multiplayer já fica deserto. Outro dia fui jogar Perfect Dark Zero online (RARE REPLAY) e encontrei 1 manolinho jogando sozinho contra bots. Deu até uma melancolia, o que aquele cara estava fazendo ali jogando sozinho? Talvez conquistas, ou talvez ele goste tanto do jogo que não se importe de ficar ali sozinho... Mais melancólico ainda é ver MMORPGs velhos ou flopados, com aqueles grandes cenários desertos, com meia duzia de gatos pingados correndo de um lado pro outro.

Esse Manolo perdido poderia ser uma "manola" extremamente gostosa e carente sem conhecimento de videogame pensando que estava jogando com alguém para tentar convidar a pessoa a transar com ela e as amigas delas todas lindas e gostosas fitness e você perdeu, faça isso não Gordola.

Poderia ter sido ela:




Ou era só um loser como eu que curte essa merda de jogo Crying or Very sad

Tá bom diz logo que era você quem estava jogando com os bots hahahahahaha :-)

burn1004

avatar
Socio do Forum
Socio do Forum
Me vejo obrigado a concordar com o palestrinha aqui (só os fortes pegam a referência)

os emuladores, são o futuro, jogar coisa antiga no hardware original é só pra loucos como nós colecionadores

Antonio Neto

avatar
Moderador
Moderador
burn1004 escreveu:Me vejo obrigado a concordar com o palestrinha aqui (só os fortes pegam a referência)

os emuladores, são o futuro, jogar coisa antiga no hardware original é só pra loucos como nós colecionadores

urso é jovem


________________________________________
PANELA HUE
PANELA CUECA BOXER
PANELA VEM METEORO
PANELA DOS USUÁRIOS 2010
PANELA BOLACHA MASTER RACE

STEAM: http://steamcommunity.com/id/netokosovo

Sonymaster

avatar
Amador
Amador
burn1004 escreveu:Me vejo obrigado a concordar com o palestrinha aqui (só os fortes pegam a referência)

os emuladores, são o futuro, jogar coisa antiga no hardware original é só pra loucos como nós colecionadores


Antes realmente pensava assim, queria sempre jogar no hardware original e tal, porque sempre é diferente do que emulador. Mas sei lá, eu comprei controles usb do NES e SNES e Mega e Master e jogo em consoles como raspberry pi e até os chineses que vem com emuladores de montão e tenho a mesma diversão. Problema é comprar o hardware original, ai tem que conseguir os jogos, tem que ter uma TV compatível sem gambiarras para jogar nas novas TVs e essas coisas que fui me adaptando e simplesmente curtir o que tem mesmo, como um garoto que mesmo jogando um Atari em TV preto e branco borrado só pensa em mexer o controle e mover o boneco na TV :-)

burn1004

avatar
Socio do Forum
Socio do Forum
Antonio Neto escreveu:
burn1004 escreveu:Me vejo obrigado a concordar com o palestrinha aqui (só os fortes pegam a referência)

os emuladores, são o futuro, jogar coisa antiga no hardware original é só pra loucos como nós colecionadores

urso é jovem

achou que não ia ter referência?
achou errado otário

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum