RETRO GAMES BRASILConectar-se

Compartilhe

description32X: Por que ele falhou?

more_horiz
32X: Por que ele falhou?




O ano era 1993. Após o grande sucesso de Virtua Racing nos arcades no ano anterior, a Sega começou a bolar uma maneira de fazer a conversão para o Mega Drive. Com o advento do Super NES e seu chip acelerador, o Super FX, a Sega resolveu criar algo parecido para garantir gráficos poligonais de qualidade no seu console. Porém ela começou a esbarrar em dificuldades técnicas, já que o arcade Virtua Racing era por demais complexo.
A solução foi criar um pequeno monstrinho para anexar ao cartucho, seu nome era SVP (Sega Virtua Processor).
O chip era muito mais potente que seu concorrente, o Super FX. Porém isso teve um alto preço: além de aumentar bastante o tamanho do cartucho, também deixou o jogo extremamente caro.
Quando Virtua Racing foi lançado, ao início de 1994, seu preço praticado foi de US$ 100! Apesar do sucesso do jogo, ficou claro que não seria possível populariza-lo, como o Super FX se popularizou, devido ao seu alto valor.



Cartucho japonês de Virtua Racing, para Mega Drive.

Assim, durante a concepção de Virtua Racing para Mega Drive, começou a amadurecer a idéia de lançar o chip avulso do cartucho, para reduzir o valor e tornar possível utiliza-lo em outros jogos.
Porém a Sega tinha outras duas coisas em mente: os filmes interativos, que faziam sucesso no Sega CD, sempre foram olhados com desconfiança por causa da limitação de cores na tela, que deixava os gráficos ruins; e seu próximo console, o Sega Saturn chegaria ao mercado a um alto valor, o que faria que o console 32bit fosse um artigo de luxo. Então por que não lançar de vez um booster para o Mega Drive, a um valor acessível, com todo apelo de 32bit e ainda beneficiando os jogos para Sega CD? Afinal, a receptividade ao Sega CD foi boa e o público mostrou que gostava de turbinar o seu equipamento.
Com o seu futuro console em desenvolvimento, o Saturn, o projeto foi apelidado de Mars, já que usava parte dos processadores do console.
Assim, ele apareceu pela primeira vez ao público na Summer CES de 1994, já com o nome 32X. Os donos de Mega Drive ficaram eufóricos com a possibilidade de transformar seu console num 32bit por apenas US$ 199 (a essa altura, o 3DO custava cerca de US$ 700 e o Saturn seria lançado no Japão por US$ 500).
Grandes softhouses começavam a mostrar interesse pelo periférico, como a Capcom, que prometia Street Fighter The Movie.
Na teoria tinha tudo pra dar certo. O que saiu errado então? Vamos analisar por partes:

1º - As vendas iniciais não corresponderam as espectativas
Softhouses grandes, como a Capcom, se arriscam muito pouco em plataformas com pouca base instalada. Quando as softhouses top viram que o 32X não tinha decolado, elas resolveram esperar mais pra ver o que iria virar. Como Street Fighter The Movie para arcade tinha decepcionado, a Capcom resolveu cancelar esse lançamento.

2º - Donkey Kong Country
A Nintendo deixou todos de queixo caído quando lançou Donkey Kong Country para SNES. Com tamanha qualidade, as pessoas começaram a se questionar se era realmente vantajoso comprar um boost para Mega Drive para rodar jogos melhores se a Nintendo conseguia revolucionar sem precisar mexer no hardware do seu console.

3º - A Sega não conseguiu lançar jogos de qualidade continuamente
Para o lançamento do 32X a Sega tinha duas grandes estrelas: a versão turbinada de Virtua Racing e a conversão do jogo do momento nos PCs, Doom.
Porém, a Sega, a essa altura, tinha que prover jogos para Mega Drive, Sega CD, 32X, Saturn, Game Gear, PCs e Arcades. Eram muitas plataformas para alimentar e como a briga do Saturn e Playstation começou ferrenha no Japão, a Sega começou a priorizar seu 32bit mais forte.

4º - Falta de retrocompatibilidade do Saturn
O Saturn não rodava CDs de Sega CD nem cartuchos de Mega Drive e 32X. Assim, quem tinha um Saturn só poderia jogar jogos de Saturn, não havia a possibilidade de expandir o mercado do 32X com o console 32bit da Sega.

5º - Softhouses pequenas começaram a lançar bombas
Algumas softhouses de menor prestígio resolveram adotar a plataforma. Mas ao invés de lançar jogos originais, se aproveitando do poder do aparelho, lançavam versões um pouco melhoradas dos seus jogos 16bit, mas que não faziam justiça ao poder do console. Como a Sega estava lançando jogos num rítimo lento, esses jogos ruins começaram a ganhar destaque na mídia.

6º - Não tinha o poder de um autêntico 32 bit
A espectativa era que o booster tivesse desempenho próximo ao 3DO. Porém, na prática, estava pouco coisa acima do SVP ou do Sega CD. Talvez os kits de desenvolvimento não tenham ajudado.

7º - Queda de preço dos consoles 32 bit
Com o lançamento a US$ 300 do Playstation nos EUA e a grande queda de preço que o 3DO vinha sofrendo durante 1995, o 32X deixou de ser uma pechincha tão grande quanto parecia.

8º - Inviabilidade do conjunto Mega Drive + Sega CD + 32X
O conjunto começou a se mostrar inviável de duas maneiras. Uma era na questão de preço. Adiquirir os 3 equipamentos separados era mais caro que um Saturn. Outra era na instalação; eram 3 fontes de alimentação!

9º - Sega canibalizou seu próprio mercado
Sem querer o 32X acabou concorrendo com o Saturn, com o Mega Drive e com o Sega CD. Era pra ser uma plataforma que uniria, mas na prática o que se viu foi o contrário: enfraquecimento mútuo de plataformas.

Assim, já na metade de 1996 a Sega anunciava que o suporte ao 32X estava encerrado.

Mas e os jogos? Valeram ou não a pena, afinal de contas? Vamos dar uma breve olhada em cada um deles:


36 Great Holes Starring Fred Couples

WTF? Jogo de golfe com jogadores digitalizados estrelado por Fred Couples.
Vale a pena? Não. Pouco lembra um golfe de 32 bit, não há mudança de câmera durante as tacadas, apenas um PIP mostrando a bola, dispensável.


After Burner Complete


WTF? Conversão do arcade de quase 8 anos.
Vale a pena? Não. Os saudosistas podem se amarrar pela boa jogabilidade, mas no final de 1994 os gráficos já estavam pra lá de datados.


BC Racers


WTF? Jogo de corrida a lá Super Mario Kart protagonizado por Chuck Rock e seu filho.
Vale a pena? Não. Apesar dos gráficos serem interessantes, o jogo fica devendo na jogabilidade que é simples demais, pouco refinada e sem ítens para serem usados.


Blackthorne


WTF? Jogo de plataforma e quebra cabeças, como Prince of Persia, Out of This World e Flashback.
Vale a pena? Sim. Apesar de ser pouco conhecido, o jogo é um bom desafio para os amantes do gênero, embora os gráficos sejam fracos.


Brutal Unleashed


WTF? Jogo de luta com personagens em forma de desenho animado que são animais.
Vale a pena? Não. A jogabilidade é simplesmente medonha, apesar de os gráficos serem bonitos.


Cosmic Carnage


WTF? Jogo de luta onde se pode escolher diferentes tipos de armaduras para os lutadores.
Vale a pena? Não. Jogabilidade fraca, jogo lento, personagens sem carisma, os efeitos de zoom e o grande quantidade de sangue não conseguiram salva-lo da mediocridade.


Darxide


WTF? Jogo espacial de combate com naves.
Vale a pena? Sim. Os graficos poligonais texturizados fazem justiça a um sistema de 32 bit e a jogabilidade também se salva. Fica devendo no som apenas.


Doom


WTF? Conversão do jogo de tiro em primeira pessoa para PC. lançado no mesmo ano.
Vale a pena? Sim. Apesar do jogo não rodar em tela cheia, a movimentação é bastante suave e a jogabilidade é razoável.


Fifa Soccer 96


WTF? Terceira versão do clássico de futebol.
Vale a pena? Sim. Apesar da jogabilidade ser aquela que todos conhecem, os gráficos são excelentes, com muitas tomadas de camera diferente, fazendo justiça ao poder do 32X.


Knuckles Chaotix


WTF? Versão especial de Sonic The Hedgehog para 32X sendo protagonizado por Knuckles.
Vale a pena? Sim. Traz um sistema interessante onde 2 personagens ficam presos a uma argola mágia e é preciso dominar os controles para tirar proveito da situação. Bons gráficos.


Kolibri


WTF? Shooter original onde se controla um Beija-Flor na floresta (!).
Vale a pena? Sim. O jogo tem belos gráficos e sons, uma proposta super original. Tem um Q de Ecco The Dolphin.


Metal Head


WTF? Jogo de ação com robôs com diferentes ângulos de visão.
Vale a pena? Não. Apesar dos gráficos bons, a jogabilidade não consegue prender o jogador por muito tempo, fazendo dele um chato jogo de mechs.


Mortal Kombat II


WTF? Conversão do famoso arcade
Vale a pena? Sim. Excelente conversão do arcade, com todos os detalhes gráficos e sonoros presentes, apenas os lutadores ficaram menores que o original.


Motocross Championship


WTF? Jogo de motocross com vários corredores na tela.
Vale a pena? Não. Jogo medonho, com gráficos medonhos e jogabilidade pavorosa.


NBA Jam Tournament Edition


WTF? Conversão do famoso arcade de basquete.
Vale a pena? Não. Apesar de trazer o zoom, ausente nas versões 16 bit, o jogo dá claros sinais de relaxo, como a cabeça dos jogadores que são muito grandes em relação ao corpo. Faltou capricho.


NFL Quarterback Club


WTF? Jogo de futebol americano.
Vale a pena? Não. É difícil analisar jogo de futebol americano, pelo menos graficamente falando, o jogo tem bastante zoom e algumas mudanças tímidas de ângulo. Faltou tomadas mais drámáticas como Fifa 96.


Pitfall: The Mayan Adventure


WTF? Nova versão do mega clássico do Atari
Vale a pena? Não. Os gráficos pouca coisa mais coloridos e fluentes em relação a versão Mega Drive não conseguiram justificar a sua existência.


Primal Rage


WTF? Conversão do arcade de luta com dinossauros.
Vale a pena? Não. Os lutadores ficaram pequenos em relação à versão arcade, melhorou pouco se comparado as versões 16 bit.


RBI Baseball 95


WTF? Jogo de baseball, continuação da série que nasceu no NES.
Vale a pena? Não. Não conseguiu resolver o grande problema dos jogos de baseball até então, que era a mudança de camera depois da rebatida. Mais um 16 bit melhorado.


Romance of the Three Kingdoms IV

WTF? Continuação da famosa série da Koei.
Vale a pena? Não. A não ser que você manje muito de japonês e não faça conta de gráficos ao nível do Super Nes e músicas de Nintendinho.


Shadow Squadron


WTF? Jogo de tiro espacial estilo arcade.
Vale a pena? Não. Gráfico e som fraco, pouco mostra a capacidade do 32X.


Space Harrier


WTF? Conversão do arcade de quase 10 anos.
Vale a pena? Não. Apesar de ser um clássico, estava bem batido para época e uma versão idêntica ao original para 32X não ajudou em nada a trazer fama ao aparelho.


Spiderman: Web Of Fire


WTF? Jogo original do Homem Aranha.
Vale a pena? Sim. Bom jogo de plataforma, veloz e dinâmico, bons gráficos, sons e jogabilidade.


Star Trek - Starfleet Academy


WTF? Simulador do famoso seriado de TV.
Vale a pena? Não. Jogo esquisitíssimo, mistura simulador espacial com adventure e até sinuca. Só pra fã mesmo.


Star Wars Arcade


WTF? Conversão do famoso arcade de batalha espacial.
Vale a pena? Sim. A versão 32X trouxe extras interessantes sem perder o charme do original.


Tempo


WTF? Jogo original de plataforma.
Vale a pena? Sim. Bom jogo para mostrar as capacidades do aparelho, excelente som e gráficos, a ação é um pouco devagar mas ainda sim vale.

T-Mek


WTF? Conversão do jogo de tanques futuristas dos arcades.
Vale a pena? Não. Apesar dos gráficos estarem na média do 32X, o jogo em si é um pouco massante.


Toughman Contest


WTF? Jogo de boxe da EA Sports ao estilo Super Punch Out.
Vale a pena? Não. Apesar dos gráficos estarem melhores que nas versões 16bit, o jogo ainda peca na diversão.


Virtua Fighter


WTF? Conversão do famoso arcade.
Vale a pena? Sim. Apesar das perdas nos gráficos serem visíveis, a jogabilidade está intacta.


Virtua Racing Deluxe


WTF? Versão especial do clássico arcade.
Vale a pena? Sim. Apesar dos gráficos não terem atingido o nível do arcade, ficando mais próximos do Mega Drive, as novidades que o jogo traz o faz valer muito a pena.


World Series Baseball 95


WTF? Versão 32X do clássico jogo de baseball do Mega Drive.
Vale a pena? Não. Traz gráficos melhores que RBI mais ainda distante do que se espera de um 32 bit, ainda falta um bom trabalho de câmera na rebatida da bola.


WWF Raw


WTF? Jogo de luta livre com a licensa da WWF.
Vale a pena? Não. O jogo não passa de um 16 bit mais coloridinho, pra 32 bit ainda falta muito chão.


WWF Wrestlemania Arcade


WTF? Conversão do arcade com os lutadores da WWF.
Vale a pena? Não. A conversão ficou muito boa, bem próxima ao arcade. O problema é que o original não é grande coisa e consequentemente, essa versão também não é. Som bem ruim.


Zaxxon's Motherbase 2000


WTF? Update do antigo shooter dos arcades
Vale a pena? Não. Jogo lento, gráficos ruins, ação meio estranha. O original era melhor.



CD GAMES


Cinco jogos lançados em CD, todos versões de jogos do Sega CD com melhor definição de cor, sendo 4 da Digital Pictures e 1 da Sega, todos são vídeos interativos.

Finalizando...

A Sega tentou o pulo do gato com o seu 32X mas o tiro saiu pela culatra. Graças a ele o Mega Drive teve menos lançamentos e perdeu a liderança nos EUA, o Sega CD foi encostado mais cedo, o Saturn perdeu força e a empresa caiu numa situação financeira complicada.
Resumo da ópera: não valeu a pena. O 32X foi a maior bola fora da empresa, infelizmente.



descriptionRe: 32X: Por que ele falhou?

more_horiz
DKC realmente foi surpreendente pra epoca, nao podia acreditar q o Snes podia fazer aquilo, imagina o q o "ultra 64" seria capaz??
Ai lancou o N64... Face palm

32x era caro demais, potz, so louco comprava aquilo. Unico jogo que queria ter jogado foi o knuckles

32x eh um exemplo das cagadas q a sega estava cometendo naquela epoca, igual que a nintendo, a nintendo teve eh sorte de ter inventado pokemon.

descriptionRe: 32X: Por que ele falhou?

more_horiz
Na época até entendo que eles achassem melhor expandir os consoles, só ver que até a geração passada os consoles tinham entradas para add-ons, independente de terem sido usadas ou não, o problema é que isso se provou furada, afinal como tu mesmo diz, comprar um Genesis + Sega CD saia o preço de um true 32-Bits (isso que eu não contei o 32x). Se a Sega tivesse tido a sacada de lançar o Virtua Racing com um sistema de lock-on parecido com o Sonic 3 & Knuckles, onde jogos especias usassem o chip do VR, talvez a ideia do chip fosse mais viável no fim...

Bem, 32x entra pro clube dos acessórios altamente dispensáveis por ser muito mal planejado no fim.

descriptionRe: 32X: Por que ele falhou?

more_horiz
Pensava q 32x era peça de colecionador, mas acabo de ver no ML e nao ta caro assim nao...

Corrigindo uma coisa q errei outro dia (se alguem leu), tinha um amigo q tinha 32x com knucles e mortal kombat, acho, ele trocou tudo por um ps1, e pagou ainda a diferenca (q seria mais ou menos a metade do preco)
Foi um pessimo negocio, mas nao foi tao horrivel como imaginava q tivesse sido... ja q o 32x nao ta tao caro assim...

descriptionRe: 32X: Por que ele falhou?

more_horiz
@Sudit S2 TaeYeon escreveu:
Pensava q 32x era peça de colecionador, mas acabo de ver no ML e nao ta caro assim nao...

Corrigindo uma coisa q errei outro dia (se alguem leu), tinha um amigo q tinha 32x com knucles e mortal kombat, acho, ele trocou tudo por um ps1, e pagou ainda a diferenca (q seria mais ou menos a metade do preco)
Foi um pessimo negocio, mas nao foi tao horrivel como imaginava q tivesse sido... ja q o 32x nao ta tao caro assim...


Eu li o tópico. Mas é que na época console antigo era bem desvalorizado, PS2 hoje em dia é barato, daqui uns anos vai custar bem mais, imagina um add-on ou console fail??? Os caras praticamente davam... Ele ainda teria feito um bom negocio se o 32x custasse hoje R$1000.

descriptionRe: 32X: Por que ele falhou?

more_horiz
@Melhor nick da historia!! escreveu:
@Sudit S2 TaeYeon escreveu:
Pensava q 32x era peça de colecionador, mas acabo de ver no ML e nao ta caro assim nao...

Corrigindo uma coisa q errei outro dia (se alguem leu), tinha um amigo q tinha 32x com knucles e mortal kombat, acho, ele trocou tudo por um ps1, e pagou ainda a diferenca (q seria mais ou menos a metade do preco)
Foi um pessimo negocio, mas nao foi tao horrivel como imaginava q tivesse sido... ja q o 32x nao ta tao caro assim...


Eu li o tópico. Mas é que na época console antigo era bem desvalorizado, PS2 hoje em dia é barato, daqui uns anos vai custar bem mais, imagina um add-on ou console fail??? Os caras praticamente davam... Ele ainda teria feito um bom negocio se o 32x custasse hoje R$1000.


É, por isso q o cara praticamente entregou o negocio ao vendedor, pq nao valia absolutamente nada... Mas hoje, em comparacao, um 32x contra um PS1 com leitor de resina... nao ha nem comparacao.

descriptionRe: 32X: Por que ele falhou?

more_horiz
potencial nao aproveitado, preço, mal suporte.

pra mim só compraria pra jogar o vf, vr, doom e mk2

______________________ Assinatura ______________________

Intel Core i7-7700K Kaby Lake 4.2GHz (4.5GHz Max Turbo) Cache 8MB
GTX 1080 G1 GAMING 8GB GDDR5X 256BIT
Crucial Ballistix Sport 2x8GB DDR4 2666 Mhz
MSI B250 PCI MATE
SSD Kingston A400 240GB + HDD WD Blue WD10EZEX 1TB
WaterCooler CoolerMaster Seidon 120V 120mm
Cooler Master RS-850-SPM2 Silent Pro M2 850W

LIVE: NetoKosovo
PSN: my.playstation.com/netokosovo
STEAM: http://steamcommunity.com/id/netokosovo

descriptionRe: 32X: Por que ele falhou?

more_horiz
o 32x foi o mais wtf da sega, até hoje ninguem entende o porque dele existir se ja tinha o sega cd que pouco contribuiu tambem

add on nao funciona em consoles isso é fato

descriptionRe: 32X: Por que ele falhou?

more_horiz
Acho que não deu certo por conta da concorrencia interna dentro da propria Sega com o Mega drive, Sega CD, 32x, Saturn... Tudo isso ao mesmo tempo, obvio que ia dar cagada...

descriptionRe: 32X: Por que ele falhou?

more_horiz
4º - Falta de retrocompatibilidade do Saturn

só não concordo com isso, até porque naquela época ninguém fez nada com retrocompatibilidade

mas concordo com o resto

______________________ Assinatura ______________________

PANELA HUE
PANELA DOS USUÁRIOS DE 2010
PANELA BOLACHA MASTER RACE
PANELA VEM METEORO
PANELA ITALIANOS FASCISTAS
PANELA VOLTA PANGEIA

descriptionRe: 32X: Por que ele falhou?

more_horiz
@Dopefish escreveu:
4º - Falta de retrocompatibilidade do Saturn

só não concordo com isso, até porque naquela época ninguém fez nada com retrocompatibilidade

mas concordo com o resto


Como não? O Mega tinha o adaptador para jogos do Master. Teria sido bom tanto pro Saturn quanto pro 32X que houvesse compatibilidade entre eles.

descriptionRe: 32X: Por que ele falhou?

more_horiz
Na verdade eu acho que o Saturn deveria ter retrocompatibilidade total com o Genesis e add-ons... Teria sido um belo boost pro console ter a biblioteca do Genesis de cara.

descriptionRe: 32X: Por que ele falhou?

more_horiz
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum